Turistas do réveillon devem injetar R$ 2 bi na economia do Rio

Rede hoteleira, que manteve preços de 2016 para atrair visitantes, registra taxa de ocupação de 80%. Queima de fogos deste ano terá 17 minutos de duração.

A menos de uma semana para a virada do ano, a economia do Rio agradece pela chegada dos turistas: neste período de festas, eles vão deixar R$ 2 bilhões na cidade. Na mesma época, em 2016, a taxa de ocupação da rede hoteleira estava em 70%, enquanto este ano já chega a 80%.

A boa fase se estende dos hostels, com quartos coletivos, beliches e diárias a menos de R$ 200, à suíte presidencial do Copacabana Palace, que custa R$ 14 mil por dia. A estratégia da maioria dos hotéis foi manter os preços do ano passado, e nas últimas duas semanas o número de reservas cresceu bastante, graças aos turistas que decidiram vir ao Rio na última hora.

Do total de visitantes, 80% são brasileiros e 20% vêm do exterior, mas o desejo de todos é um só: relaxar. O brilho dos fogos na noite do réveillon vai durar 17 minutos, cinco a mais que em 2016, e as bombas já estão sendo instaladas nas balsas, de onde serão disparados.

O grande palco da Praia de Copacabana tem novidades: depois da festa, a estrutura vai continuar montada para a realização de um show com as baterias das escolas de samba, no dia 6 de janeiro. O Rio quer que as visitas fiquem mais tempo e voltem sempre.

Fonte: G1 – https://g1.globo.com